Análise | Sable (Game Pass)

Uma aventura no meio do deserto

Estamos tão acostumados a derrotar monstros, impedir catástrofes internacionais, sabotar planos alienígenas e atirar como se não houvesse o amanhã, que quando um game oferece o oposto ficamos em choque. Sable é exatamente isso, o posto, uma pausa na ação frenética e um “olá” para a calmaria e exploração filosófica.

Sable é a história de uma jovem prestes a entrar na vida adulta. Para encontrar o seu lugar dentro da pequena comunidade nômade em que vive ela deve embarcar numa jornada de autoconhecimento em busca da máscara que irá dizer quem ela realmente é.

Nessa aventura de mundo aberto você deve explorar grandes áreas desérticas, conhecer novos lugares, resolver puzzles e também realizar upgrades na sua hoverbike, bem como as roupas da protagonista.

Sable tem em seu DNA inspirações no planeta Jakku, que foi amplamente retratado em Star Wars: O Despertar da Força, e também no estilo artístico de Moebius. Entretanto os gamers também perceberão a influência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild e as animações do Estúdio Ghibli. Em outras palavras, a dupla de desenvolvedores responsável pelo jogo, buscou excelentes referências para criar uma identidade forte.

Mas toda essa mágica começa a perder um pouco de seu encanto devido aos problemas técnicos. Ele chegou à família Xbox com bugs e problemas na jogabilidade.  O controle da hoverbike não é o melhor e problemas com a câmera ou até mesmo colisão de polígonos podem atrapalhar a jogatina. São detalhes que podem (e devem) ser melhorados no futuro, mas chamam a atenção no momento de seu lançamento.

Mas e aí, vale a pena? Bem, Sable é um jogo incrível, com uma proposta rara de se ver nos dias atuais. Entretanto, a ausência de localização para português do Brasil e falhas técnicas podem tornar a experiência frustrante para alguns. Afinal de contas, história e exploração são os pontos chave desse jogo. Se você quer muito jogar, vá em frente. Se ele não está na sua lista do momento espere os primeiros patches saírem para depois se aventurar.

Nota: 6

Baixe Sable no Game Pass clicando aqui.

Esta análise foi possível graças ao fornecimento do Game Pass Ultimate pela Microsoft.

Sair da versão mobile