Análise | Battlefield 2042 é um multiplayer através de gerações

Viva a guerra de um futuro próximo

Battlefield 2042 me conquistou com o seu icônico trailer. Bem, não apenas a mim, mas milhões de gamers que assistiram aquela apresentação épica . Desde então o jogo está no meu radar e foi um dos títulos mais aguardados por mim em 2021. Hoje eu irei comentar como tem sido a minha experiência e qual é a minha análise de Battlefield 2042.

Estou jogando BF 2042 há 11 dias e este review inclui também a minha experiência após o Patch 3. Depois de jogar 27 horas e passar pelos três modos de jogo, explorar cada canto desse game, eu me sinto seguro para falar a respeito dele, seus prós e contras. De antemão já digo ao leitor que as minhas impressões são positivas e te convido a deixar do lado de fora tudo que tem ouvido de negativo sobre o mais recente Battlefield.

Bem, você já deve saber, mas caso não tenha ouvido falar, eu te conto que Battlefield 2042 não tem modo campanha, ou seja, apenas multiplayer. Ao todo são três modalidades distintas, que podem ser escolhidas diretamente do menu principal.

Modos de jogo

O primeiro modo de jogo é o All-Out Warfare, diga-se de passagem, o meu favorito. Aqui até 128 jogadores se enfrentam em dois times de 64 players. Para vencer é necessário dominar o máximo de áreas possível antes do tempo acabar ou conquistar todo o território deixando o inimigo sem recursos.

Já o Hazard-Zone tem operações de pelotões, com o número máximo de 32 jogadores. Infelizmente as pessoas não estão jogando muito este modo, o que torna o tempo de espera maior do que o desejado. Confesso que joguei muito pouco do HZ por causa disso.

Por último, mas não menos importante temo o modo Portal. O Portal conta atualmente com 5 modos de jogo, sendo um original, o Battlefield 2042 Rush e outros quatro modos baseados em jogos clássicos da série. Em outras palavras, são modos online remasterizados para a nova geração.

Gostei muito de jogar Rush 2042, que saiu recentemente no Patch 3, e também Snipers & Knives, onde o jogador tem apenas um rifle com duas balas e uma faca. Este modo, em particular, é viciante para mim, pois dá condições iguais aos jogadores e estimula a exploração de jogabilidade, até mesmo um lado stealth.

A cereja do bolo de Battlefiel 2042 são os operadores. Ao longo das minhas 27 horas de gameplay eu pude notar que os jogadores não estavam entendendo muito bem como usar os operadores, mas nos últimos dias a coisa mudou e as partidas estão “mais sérias” do que semana passada.

Compre BF2042 pelo melhor preço clicando aqui!

Conheça os operadores

Ao todo são 10 operadores. Cada um tem sua própria habilidade especial e itens específicos. O Irish, por exemplo, é um engenheiro que pode criar fortificações em praticamente qualquer lugar e proteger o time, já o Angel tem uma caixa de equipamento que reabastece munição e blindagem, por outro lado, a Sundance tem um cinto de granadas. Em outras palavras, cada operador está apto a causar um estrago e atrapalhar a estratégia dos adversários.

Como você já deve esperar a experiência de gameplay é caótica, com muitas explosões, drones, torretas, campers, veículos vindos de todas as direções e muita correria. Sim, correria, pois os mapas são gigantes! E isso merece um pouco de nossa atenção.

Se tem um ponto a desenvolver são os mapas. No modo All-Out Warfare você se seu time precisam conquistar setores, mas existem poucas áreas para se conquistar em relação ao tamanho do mapa. Ou seja, quando você renasce, você tem que andar muito para chegar aos pontos de controle. O tempo perdido é suficiente para que os inimigos dominem uma área. Essa distribuição de áreas poderia ser revisada nas próximas atualizações.

Desempenho no Xbox Series X|S

O jogo roda muito bem e não senti a presença de loadings em nenhum modo de jogo. É possível ver detalhes, como gotas de chuva nas armas, diferença no reflexo dos objetos de acordo com o horário do dia/noite e, além disso, o draw distance no Series S não decepciona.

O áudio contribui bastante para a imersão. Eu testei o jogo com uma soundbar JBL no modo estéreo e com fones de ouvido. Em ambos os modos a acústica não decepciona, mas é claro que o headphone faz toda a diferença e é a melhor opção para quem joga sério, pois o nível de percepção aumenta bastante.

Veredito

Battlefield 2042 é uma nova investida da DICE/EA. Campanhas ficaram de lado e o foco é dar aos jogadores não apenas gameplay, mas modos de jogo diferentes. A ideia é boa e os fãs de Battlefield podem jogar partidas em cenários modernos e retornar a mapas clássicos, basta escolher o que quer jogar através do menu.

Entretanto, alguns problemas técnicos no lançamento deixaram os fãs irritados. Para atender as expectativas da comunidade a DICE lançou uma mega update, o Patch 3 e também está trabalhando em um novo mapa. A grande vantagem de viver na era digital é saber que um game que já é bom pode ficar ainda melhor e que problemas são solucionados através de uma atualização.

Em suma, o game está rodando bem na nova geração e o mais importante está aqui: modos multiplayer de sobra, tanto para quem quer jogar modos de jogo inéditos como reviver clássicos. Se a EA continuar dando atenção ao que a comunidade diz O Battlefield 2042 tem força para ter uma vida longa, como BF4.

Nota: 7,5

A EA forneceu uma cópia de Xbox Series X|S para a realização desta análise.

Sair da versão mobile